O melhor está por vir!

Criada em 1980 com o objetivo de desenvolver e administrar planos de complementação de renda para os colaboradores de suas patrocinadoras, a São Bernardo é uma entidade de previdência privada e, como tal, é caracterizada como uma sociedade civil sem fins lucrativos. Desta maneira, a entidade tem documentos, como os apresentados a seguir, para reforçar seu compromisso com a transparência e preservar a credibilidade conquistada durante todos estes anos de atuação.

- Estatuto
- Regulamento do plano São Bernardo
- Regulamento do Plano de Gestão Administrativa
- Certificado da São Bernardo
- Código de Ética

Ao se tornar um(a) participante, você estará presenteando seu futuro com os frutos do seu trabalho e garantindo sua segurança, estabilidade e seu bem-estar. Estes benefícios são oferecidos pela São Bernardo de forma prática e transparente. Neste site, você encontrará todas as informações necessárias para construir um futuro melhor para você e sua família.

Se você já é um(a) participante, agradecemos a sua confiança.

Confira o conteúdo que preparamos especialmente para você no

Portal do Participante.

Se ainda não é, saiba mais na página

Por que e Como aderir?
  • como funciona a São Bernardo

    faq

    Para melhor entender a São Bernardo, é muito importante que você leia com atenção os seguintes documentos:

    - Estatuto da São Bernardo
    - Regulamento do plano São Bernardo
    - Certificado do plano São Beranrdo

    Contudo, você encontrará aqui diversas informações que irão esclarecer como a São Bernardo e suas patrocinadoras garantirão um futuro mais próspero e confortável para você e seus entes queridos.

    Primeiro, você se torna um(a) participante e passa a investir mensalmente um percentual do seu salário aplicável (este percentual pode variar dependendo da sua remuneração), nós chamamos este valor de contribuição básica. Com base nesta contribuição, a patrocinadora pela qual você trabalha faz um complemento correspondente a 150% do valor investido por você, esta contrapartida é o que chamamos de contribuição ordinária. Portanto, se você tiver contribuído com R$ 100,00, por exemplo, a empresa irá contribuir com R$ 150,00. Totalizando um investimento de R$ 250,00 na sua conta de participante.

    Básica

    Esta é a contribuição feita por

    você assim que se torna um(a) participante.

    Se você recebe um salário aplicável de ATÉ

    15 USB (R$ 7.369,35)

    Você investirá 2% do seu salário aplicável mensalmente

    Caso você receba ACIMA DE

    15 USB (R$ 7.369,35)

    Poderá escolher investir um percentual entre 2% e 7%

    Ordinária

    Para cada contribuição básica,
    a patrocinadora contribui com

    150%

    Do valor investido por você.

    Ordinária

    Imaginemos que você contribua
    mensalmente com

    R$ 100

    Neste caso, a patrocinadora investirá R$150,00.

    Estas contribuições mensais vão sendo aplicadas no mercado financeiro de acordo com um Perfil de Investimentos escolhido por você. Estes perfis podem ser mais conservadores, rendendo de forma mais segura e previsível, ou mais voláteis, incluindo um percentual variável de investimentos em ações.

    Vale ressaltar que estas aplicações são feitas em bancos de primeira linha e todo o processo é submetido a regras rígidas que tem por objetivo a proteção máxima do capital dos participantes. A exemplo disso, quando um banco apresenta uma performance notadamente inferior à média dos demais bancos ele é prontamente substituído. Vale ressaltar também que toda a estrutura, a diretoria, os conselhos e o comitê de investimentos da São Bernardo, trabalham com o objetivo de fazer seu dinheiro render o máximo possível e da forma mais segura.

    USB

    USB significa Unidade São Bernardo, à qual foi atribuído o valor de R$ 112,00 na data da Conversão do Plano de BD para CD, ocorrida em 1º de maio de 1997, e que serve para estabelecer alguns limites operacionais.
    O valor das USB é reajustado anualmente, em agosto, de acordo com a média ponderada do último reajuste salarial concedido em caráter geral pelas Patrocinadoras Saint-Gobain do Brasil Produtos Industriais e para Construção Ltda. e Saint-Gobain Canalização.
    O valor atual de uma USB, em vigor a partir de agosto de 2020, é de R$ 491,29.

    Ao longo do tempo, a sua participação no Plano São Bernardo pode ter várias formas. Veja:

    • Participante Ativo(a): colaborador(a) de uma patrocinadora que está regularmente inscrito no plano São Bernardo. O(a) participante que suspende suas contribuições temporariamente é chamado de Participante Ativo com contribuição suspensa.
    • Participante Vinculado: colaborador(a) que deixa de pertencer aos quadros de uma empresa Patrocinadora antes de ter direito à aposentadoria e quer que seu saldo continue no fundo e rendendo até se aposentar, sem fazer novas contribuições.
      A esta condição se dá o nome de Benefício Proporcional Diferido, também conhecida por Vesting.
    • Participante Autopatrocinado: participante que se desliga da empresa Patrocinadora deixando de ser Participante Ativo(a) e quer permanecer no Plano, continuando a fazer contribuições mensais até ter direito de se aposentar.
    • Participante Assistido: participantes que estão, atualmente, recebendo um benefício mensal.
    • Ex-Participante: é aquele se enquadra numa destas quatro situações:
      • encerra sua ligação com a São Bernardo recebendo um benefício de pagamento único;
      • solicita cancelamento ou tem sua inscrição no Plano SB cancelada nos termos do Regulamento;
      • deixa de ser empregado de uma Patrocinadora do SB optando por um dos institutos Resgate ou Portabilidade.
      • já recebeu o último pagamento do benefício a que tinha direito.

    Seu perfil de participante pode interferir em algumas questões, como a de recolhimento de imposto de renda. Veja na página Tributação.

  • Estrutura

    faq

    A São Bernardo é administrada por um Conselho Deliberativo e uma Diretoria-Executiva e controlada por um Conselho Fiscal, operando com a seguinte estrutura:

    Conselho Deliberativo

    Responsável pela deliberação, orientação administrativa e controle da execução.

    Diretoria-Executiva

    Executa as atividades administrativas deliberadas pelo Conselho Deliberativo. Estas se dividem em dois tipos: atividades internas e externas, estas, por sua vez, atuam da seguinte forma:

    Atividades Internas, de execução direta da Diretoria-Executiva

    Aspectos estratégicos

    Estudos e recomendações ao Conselho Deliberativo de aspectos estratégicos como política de investimentos, ampliação dos benefícios aos Participantes, eliminação de penalidades regulamentares etc.

    Aplicação dos recursos

    Avaliação da forma de alocação segundo os tipos de ativos oferecidos pelo mercado financeiro.

    Rentabilidade

    Análise do risco e do retorno das aplicações de recursos.

    Legislação

    Acompanhamento da evolução da legislação pertinente às entidades de previdência privada e sua adequada aplicação.

    Superintendência Nacional de Previdência Complementar - Previc

    Acompanhamento das orientações, recomendações e exigências da Previc e sua execução adequada.

    Patrocinadoras

    Contato e orientação permanentes

    Participantes

    Contato e orientação permanentes

    Atividades Externas, executadas por terceiros sob contratação, orientação e controle da Diretoria-Executiva.

    Auditores independentes

    Auditorias de balanço, de investimentos e de benefícios

    Advogados

    Buscando apoio legal e fiscal

    Atuários

    Na interface com a PREVIC; nas adequações necessárias do Estatuto e do Regulamento; nos cálculos atuariais etc.

    Empresas de análise de risco

    Análise e acompanhamento dos trabalhos de análise de risco e retorno das aplicações de recursos

    Questionamentos dos Participantes

    Atendimento personalizado

    Administrador externo da contabilidade

    Orientação e acompanhamento permanentes

    Administrador externo dos saldos dos Participantes

    Controle constante da apuração do valor da Quota, das contas individuais dos Participantes e de seus extratos de contas
    Administrador externo dos pagamentos de benefícios: controle constante sobre os pagamentos efetuados

    Administradores dos recursos financeiros

    Definições e acompanhamento dos serviços executados pelos bancos que administram os recursos formadores do patrimônio da São Bernardo e, consequentemente, dos Participantes.

    Conselho Fiscal

    Responsável pela fiscalização da Entidade, cabendo-lhe, principalmente, zelar por sua gestão econômico-financeira por meio do exame de demonstrações financeiras, livros e documentos, bem como das contas e demais aspectos econômico-financeiros. O Conselho Fiscal deve se manifestar semestralmente sobre a aderência da gestão dos recursos garantidores dos planos de benefícios às normas em vigor e à política de investimentos, em especial sobre a rentabilidade, custos e controle de riscos.

  • Diretores e conselheiros

    faq

    diretoria executiva

    Diretor-Superintendente

    Advogado, Diretor da São Bernardo desde julho de 2005, tendo, anteriormente, ocupado o cargo de Presidente do Conselho Fiscal no período de um ano. Ocupou o cargo de Diretor Jurídico da Delegação Geral Brasil, Argentina e Chile de janeiro de 2000 a abril de 2016. Trabalhou em empresas Saint-Gobain no Brasil desde 1979. A partir de julho de 2017 passou a ocupar o cargo de Diretor Superintendente..

    diretores

    Contador, administrador de empresas e MBA em Controle e Finanças, Diretor da São Bernardo desde julho de 2005. Ocupa, desde 1998, o cargo de Diretor de Tesouraria da Delegação Geral Brasil e Argentina. Desde 2013 atua como Diretor Adjunto Financeiro para o Grupo Saint-Gobain no Brasil. Diretor das empresas do Grupo Saint-Gobain: Saint-Gobain Assessoria e Administração, Varejo Digital da Construção, Libravidros Industria e Comércio de Vidros e, Diretor Suplente da Solcrom S/A no Chile, Conselheiro das empresas: Cebrace, Mineração Jundu Ltda e Jundu Nordeste Mineração. Em 2019 assumiu a Diretoria Corporativa LATAM de Tesouraria, Tax Planning e Risk & Insurance. Tem trabalhado em empresas do Grupo Saint-Gobain no Brasil desde 1992.

    Contador, pós-graduado em Administração Financeira e Contábil pela FAAP, Presidente do Conselho Fiscal da São Bernardo desde julho de 2010. Ocupou, de 2009 a julho de 2013, o cargo de Gerente de Auditoria Interna da Delegação Geral Brasil, Argentina e Chile. No período de agosto de 2013 a fevereiro de 2015, ocupou o Cargo de Gerente Administrativo Financeiro na Abrasivos, uma Divisão da Saint Gobain do Brasil Produtos Industriais e para Construção Ltda. Tendo trabalhado em diversas empresas multinacionais na Área Financeira desde 1989 e na Saint-Gobain desde 2006. Desde março de 2015 ocupa o cargo de Diretor do CSC Finanças na Saint-Gobain do Brasil Produtos Industriais e para Construção Ltda. Na São Bernardo, a partir de julho de 2017, passou a integrar a Diretoria-Executiva, deixando a presidência do Conselho Fiscal.

    conselho fiscal

    A Secretaria de Políticas de Previdência Complementar disponibiliza um Guia Prático para Conselheiros Fiscais com o objetivo de orientar, principalmente, os novos conselheiros fiscais, sobre a melhor forma de atuação e conscientizá-los da importância da integração dos órgãos estatutários na Governança. Clique aqui para ler o documento na íntegra.

    Conselheira Presidente

    Formada em Administração de Empresas, atua na área administrativa e financeira há 28 anos. Ingressou no Grupo Saint-Gobain em 1993, como Trainee. Atuou como Analista de Gestão no período de fevereiro de 1994 a agosto de 1996. Na sequência assumiu a Coordenação da mesma área, onde permaneceu até outubro de 2000. De novembro de 2000 a julho de 2002 ocupou o cargo de Controller e, em seguida, o cargo de Gerente Administrativo Financeiro, onde permaneceu até julho de 2011. Por fim, a partir de agosto de 2011 até os dias atuais, exerce o cargo de Diretora Financeira. A partir de abril de 2019, passou a ocupar na São Bernardo o cargo de Presidente do Conselho Fiscal. Ingressou no Conselho Fiscal da São Bernardo em abril de 2019.

    Conselheira Representante dos Participantes Ativos e Assistidos

    Advogada, com formação em Direito, Ciências Contábeis e Comunicação. Ocupou de janeiro de 2014 a julho de 2016, o cargo de Assessora Jurídica na Saint-Gobain do Brasil Produtos Industriais e para Construção Ltda. Trabalhou em empresas Saint-Gobain desde 1976, período em que ocupou, dentre outros, os seguintes cargos: Redatora, Auditora, Supervisora de Planejamento Tributário e Chefe do mesmo setor. Desde julho de 2015 ocupa o cargo de Conselheira Fiscal na São Bernardo.

    Conselheira

    Formada em Ciências Contábeis, ocupa hoje o cargo de Gerente Financeiro da Cebrace, onde atua desde dezembro agosto de 2013. Já ocupou o cargo de Gerente Financeiro na Saint-Gobain do Brasil – Divisão Abrasivos, no período entre dezembro de 2011 e julho de 2013. Além de cargos de Gerente de Projetos de TI de setembro de 2010 a novembro de 2011, e Gerente de Sistema da Informação para a América do Sul de junho de 2009 a agosto de 2010. Atuou também como Gerente Administrativo Financeiro de agosto de 2006 a maio de 2009 e também como Gerente de Controladoria de março de 2004 a julho de 2006. Está no grupo Saint-Gobain desde janeiro 1987. Ingressou no Conselho Fiscal da São Bernardo em abril de 2019.

    conselho deliberativo

    Conselheiro Presidente

    Administrador de empresas, com 47 anos de experiência. Entrou no Grupo Saint-Gobain há cerca de 35 anos onde trabalhou em várias empresas e / ou unidades de negócios no Brasil e França sempre na área financeira. Atualmente atua como Diretor Financeiro para a América Latina desde 2009. Nos anos de 2004 e 2005 atuou como Controller Financeiro na matriz do Grupo na França. Assumiu a Presidência do Conselho Deliberativo da São Bernardo em 2 de janeiro de 2014.

    Conselheiro Representante dos Participantes Ativos e Assistidos

    Engenheiro de produção formado em 1987 pela Universidade de Sao Paulo (Poli-USP). Ingressou no Grupo Saint-Gobain em 1989 na sua área Corporativa, tendo assim, adquirido 8 anos de experiência na área Financeira, Administrativa, Contábil e Auditoria. Ocupou por 5 anos o cargo de Diretor Administrativo e Financeiro da Divisão Materiais Cerâmicos e 2 anos o cargo de gerente de Informática da Saint-Gobain do Brasil. No período de janeiro de 2013 a março de 2016, ocupou o cargo de Diretor Financeiro da Telhanorte. Em abril de 2016, tornou-se Diretor Financeiro na divisão Abrasivos. Ocupa o cargo de Conselheiro na São Bernardo, desde julho de 2015.

    Conselheiro

    Engenheiro civil e pós-graduado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas, Conselheiro da São Bernardo desde 1997. Tem trabalhado em empresas Saint-Gobain no Brasil desde junho de 1969, tendo se tornado Participante Assistido da São Bernardo em fevereiro de 2006.

  • comitê de investimentos

    faq

    Com a função de assessorar a diretoria executiva em suas responsabilidades de aplicações dos recursos da São Bernardo, o Comitê de Investimentos está sujeito ao Regimento Interno.

    Este comitê é formado por:

    Presidente

    Contador, administrador de empresas e MBA em Controle e Finanças, Diretor da São Bernardo desde julho de 2005. Ocupa, desde 1998, o cargo de Diretor de Tesouraria da Delegação Geral Brasil e Argentina. Desde 2013 atua como Diretor Adjunto Financeiro para o Grupo Saint-Gobain no Brasil. Diretor das empresas do Grupo Saint- Gobain: Saint-Gobain Assessoria e Administração, Varejo Digital da Construção, Libravidros Industria e Comércio de Vidros e, Diretor Suplente da Solcrom S/A no Chile, Conselheiro das empresas: Cebrace, Mineração Jundu Ltda e Jundu Nordeste Mineração. Em 2019 assumiu a Diretoria Corporativa LATAM de Tesouraria, Tax Planning e Risk & Insurance. Tem trabalhado em empresas do Grupo Saint-Gobain no Brasil desde 1992.

    Contador formado em 1992 pela Faculdade Metropolitana Unida, pós-graduado em controladoria e MBA em Gestão Empresarial. Ingressou no Grupo Saint-Gobain em junho de 1998 na área corporativa setor de controladoria. Após 12 anos trabalhando na área financeira e administrativa de unidades industriais, ocupou a vaga de Gerente Administrativo Financeiro na Placo do Brasil por 2 anos, 4 anos no cargo de Diretor Administrativo e Financeiro da Divisão Materiais Cerâmicos, 2 anos e 8 meses no cargo de Gerente Administrativo da Placo do Brasil e atualmente ocupa como Gerente Administrativo Financeiro do PPC.

    Contadora formada pela PUC e com MBA em Controladoria Estratégica de Negócios. Desde 2018 exerce a função de Diretora Adm Financeira na Tekbond, além do suporte dado à empresa de Adesivos na China. Entrou no Grupo em 2010, com experiência nas áreas de Controladoria, Contabilidade, Financeiro, Fiscal e Informática. Na sua carreira, já atuou em indústrias de alumínio e vidro, além de uma passagem de 3 anos no corporativo Latam Saint-Gobain.

    Engenheiro mecânico, iniciou no Grupo Saint-Gobain em 1979. Trabalhou na Delegação Geral do Grupo por 19 anos ocupando-se de Assuntos Corporativos. Diretor da Saint-Gobain Vidros e da Saint-Gobain Assessoria e Administração Ltda. e também Administrador do Centro de Serviços Compartilhados Jurídicos do Grupo Saint- Gobain. Foi Diretor Superintendente e Administrador Estatutário Tecnicamente Qualificado, responsável pela gestão, alocação, supervisão e acompanhamento dos recursos da São Bernardo.

    Administrador de empresas com pós-graduação em Finanças pelo Insper, mestrando em Controladoria e Finanças pela FGV. Experiência de quatorze anos na área financeira, atuando em tesouraria, controladoria, administrativo, compliance e planejamento em empresas multinacionais de grande porte. Ingressou no grupo Saint-Gobain em 2013 e atualmente ocupa o cargo de Gerente Administrativo Financeiro da Quartzolit, Brasilit, Placo, Isover e Sonex OWA.

nossas patrocinadoras

  • Saint Gobain
  • PAM
  • PLACO
  • Jundu
  • Cebrace
  • Fiven
Voltar ao Topo