A São Bernardo e você
São Bernardo Previdência Privada

 

| São Bernardo | Patrocinadoras | Estrutura
| Diretoria e Conselhos | Comitê de Investimentos | ELEIÇÕES 2017

Estrutura

Administrada por um Conselho Deliberativo e uma Diretoria Executiva e controlada por um Conselho Fiscal, a São Bernardo opera com esta estrutura:

Conselho Deliberativo

Atua na deliberação, orientação administrativa e no controle da execução.

Diretoria Executiva

Executa as atividades administrativas deliberadas pelo Conselho Deliberativo. Estas se dividem em dois tipos:

atividades internas
de execução direta da Diretoria Executiva;

atividades externas executadas por terceiros sob contratação, orientação e controle da Diretoria Executiva.

-- Atividades Internas

. Aspectos estratégicos: estudos e recomendações ao Conselho Deliberativo de aspectos estratégicos como política de investimentos, ampliação dos benefícios aos Participantes, eliminação de penalidades regulamentares etc.

. Aplicação dos recursos: avaliação da forma de alocação segundo os tipos de ativos oferecidos pelo mercado financeiros.

. Rentabilidade: análise do risco e do retorno das aplicações de recursos

. Legislação: acompanhamento da evolução da legislação pertinente às entidades de previdência privada e sua adequada aplicação.

. Superintendência Nacional de Previdência Complementar - Previc: acompanhamento das orientações, recomendações e exigências da Previc e sua execução adequada.

. Patrocinadoras: contato e orientação permanentes

. Participantes: contato e orientação permanentes

-- Atividades Externas

. Auditores independentes: auditorias de balanço, de investimentos e de benefícios

. Advogados: buscando apoio legal e fiscal

. Atuários: na interface com a SPC; nas adequações necessárias do Estatuto e do Regulamento; nos cálculos atuariais etc.

. Empresas de análise de risco: análise e acompanhamento dos trabalhos de análise de risco e retorno das aplicações de recursos

. Questionamentos dos Participantes: atendimento personalizado

. Administrador externo da contabilidade: orientação e acompanhamento permanentes

. Administrador externo dos saldos dos Participantes: controle constante da apuração do valor da Quota, das contas individuais dos Participantes e de seus extratos de contas

. Administrador externo dos pagamentos de benefícios: controle constante sobre os pagamentos efetuados

. Administradores dos recursos financeiros: definições e acompanhamento dos serviços executados pelos bancos que administram os recursos formadores do patrimônio da São Bernardo e, consequentemente, dos Participantes.

Conselho Fiscal

O Conselho Fiscal é responsável pela fiscalização da Entidade, cabendo-lhe, principalmente, zelar por sua gestão econômico-financeira através do exame de demonstrações financeiras, livros e documentos, bem como das contas e demais aspectos econômico-financeiros.

O Conselho Fiscal deve-se manifestar semestralmente sobre a aderência da gestão dos recursos garantidores dos planos de benefícios às normas em vigor e à política de investimentos, em especial sobre a rentabilidade, custos e controle de riscos.