A São Bernardo e você
São Bernardo Previdência Privada

 

| Recebimento dos Benefícios | Aposentadoria |
Incapacidade | Morte |

Recebimento dos Benefícios

Solicitação Com exceção dos casos de Incapacidade e Morte, o benefício deverá ser formalmente requerido pelo Participante (veja o capítulo Formulários) e é preciso que a relação de emprego já tenha sido encerrada.

Pagamento mensal em quotas quer dizer o seguinte: as contribuições feitas pelo Participante e as contribuições feitas pela Patrocinadora são sempre convertidas em quotas do capital investido pela São Bernardo.

Com o tempo, as quotas do fundo se valorizam e o dinheiro aplicado "cresce". Na hora de usar um dos benefícios disponíveis, o que se faz é verificar o número de quotas que corresponde ao benefício e depois ver quanto isso vale em reais.

No caso da aposentadoria, por exemplo, se o Participante escolheu receber o seu saldo total na forma de quantidade de quotas e em 25 anos, divide-se o número de quotas que ele tem na sua Conta Total por 325 (em dezembro tem o 13°) e se chega ao número de quotas que ele vai receber por mês.

Reajuste do benefício é importante notar o seguinte: como o valor em reais de uma quota é reajustado mensalmente segundo o que renderam as aplicações feitas pela São Bernardo, a aposentadoria em reais que o Participante vai receber ao longo dos 25 anos também será reajustada todo mês.

Para evitar que o valor do benefício corra o risco de apresentar uma redução de um mês para o outro, desde 1° de agosto de 2013 os recursos reservados para seu pagamento passaram a ser aplicados no Perfil SB Pós. O Perfil SB Pós tem os seus recursos alocados em renda fixa, porém em apenas títulos pós-fixados que são aqueles atrelados à taxa Selic (taxa de remuneração dos Títulos Públicos) ou atrelados ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário) e que refletem as variações diárias nas taxas de juros e possuem volatilidade mínima, tornando mínima a probabilidade desse perfil apresentar uma rentabilidade mensal negativa, como pode ocorrer pontualmente com os demais perfis de investimentos

A este respeito, vale a pena ler o texto da notícia que publicamos em 12/6/2013 com o título "Atenção! Rentabilidade do Perfil SB Zero". Clique aqui.

Dessa forma, a variação mensal do valor da quota utilizada para pagamento dos benefícios aos Assistidos corresponde, a partir do mês de agosto de 2013, à rentabilidade apurada no Perfil SB Pós.

Lembrete: como o valor da quota é apurado contabilmente, o pagamento do benefício de um mês corresponde à quota apurada no final do mês precedente.

Resumo do pagamento de benefício com base no valor da quota do Perfil SB Pós a partir do mês de agosto de 2013: 

Mês de pagamento do benefício

Valor da quota aplicada

R$

Rentabilidade

     

Agosto/13

1,00000000

Valor de referência

Setembro/13

1,00653503

0,65%

Outubro/13

1,01357868

0,70%

Novembro/13

1,02148327

0,78%

Dezembro/13

1,02845858

0,68%

Janeiro/14

1,03628980

0,76%

Fevereiro/14

1,04454745

0,80%

Março/14

1,05240122

0,75%

Abril/14

1,06013966

0,74%

Maio/14

1,06827407

0,77%

Junho/14

1,07686928

0,80%

Julho/14

1,08528369

0,78%

Agosto/14

1,09510658

0,91%

Setembro/14

1,10437016

0,85%

Outubro/14

1,11430040

0,90%

Novembro/14

1,12478719

0,94%

Dezembro/14

1,13418992

0,84%

Janeiro/15

1,14513817

0,97%

Fevereiro/15

1,15570611

0,92%

Março/15

1,16506680

0,81%

Abril/15

1,17702298

1,03%

Maio/15

1,18789585

0,92%

Junho/15

1,19917234

0,95%

Julho/15

1,21194497

1,07%

Agosto/15

1,22630121

1,18%

Setembro/15

1,23960334

1,08%

Outubro/15

1,25309082

1,09%

Novembro/15

1,26685069

1,10%

Dezembro/15

1,27992987

1,03%

Janeiro/16

1,29449617

1,14%

Fevereiro/16

1,30831668

1,07%

Março/16

1,32103249

0,97%

Abril/16

1,33603609

1,14%

Maio/16

1,35020229

1,06%

Junho/16

1,36489663

1,09%

Julho/16

1,38068714

1,16%

Agosto/16

1,39607496

1,11%

Setembro/16

1,41291301

1,21%

Outubro/16

1,42839285

1,10%

Novembro/16

1,44322179

1,04%

Dezembro/16

1,45820463

1,04%

Janeiro/17

1,47428831

1,10%

Fevereiro/17

1,49004830

1,07%

Março/17

1,50289272

0,86%

Abril/17

1,51853295

1,04%

Maio/17

1,53039213

0,78%

Junho/17

1,54461219

0,93%

Julho/17

1,55735603

0,83%

Agosto/17

1,56972331

0,79%

Setembro/17

1,58208829

0,79%

Outubro/17

1,59213478

0,64%

Acumulado no período

59,21%

 

Clique aqui para salvar um arquivo com a tabela acima.

 

Assistidos e Beneficiários em 1° de maio de 1997: Conforme o Regulamento da São Bernardo, aprovado pela SPC – Secretaria da Previdência Complementar em 23 de outubro de 2009, os participantes Assistidos e os Beneficiários que já recebiam benefícios em 1° de maio de 1997 têm o seu benefício reajustado todo mês de maio com base no IPCA – índice de Preços ao Consumidor Amplo do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, ou outro índice que venha a substituí-lo. O Conselho Deliberativo poderá determinar outro índice de reajuste, sujeito à aprovação das Patrocinadoras Principais, da autoridade competente e ao parecer favorável do Atuário.

Nesta página você tem apenas as principais informações. Para uma informação mais completa veja no Regulamento também o cap. X.