A São Bernardo e você
São Bernardo Previdência Privada

| Tipos de Investimento | Benchmark | Opções pelos Perfis

Opções pelos Perfis

 

 

A São Bernardo oferece aos Participantes do Plano quatro opções de Perfil de Investimentos:

 

Começando em 1º de maio de 2015, todos aqueles que contribuem ou que já tenham contribuído para o Plano são considerados Elegíveis para escolher o Perfil no qual desejam aplicar os saldos totais de suas contas e, naquela ocasião, deverão manifestar a sua escolha.


Aqueles que nunca contribuíram para o Plano não são Elegíveis e não poderão escolher o Perfil de sua preferência e terão os saldos de suas contas aplicados no Perfil São Bernardo, que é o perfil básico.


Há dois momentos nos quais o Participante Elegível deve escolher o perfil de sua preferência e, caso não escolha, terá seu saldo total aplicado no Perfil São Bernardo:


1. No momento da adesão ao Plano


2. No momento em que deixar de ser um Participante Ativo, transformando-se em Assistido, Autopatrocinado ou optante pelo Benefício Proporcional Diferido.


Nota: todo Assistido poderá escolher o perfil, mesmo que nunca tenha contribuído para o Plano.


Posteriormente, todos aqueles que podem escolher o perfil terão o direito, caso queiram, de mudar de perfil duas vezes por ano, até 10 de março e até 10 de setembro. As suas opções serão aplicadas em 1º de maio e 1º de novembro, respectivamente

Procedimentos para o exercício das opções


Uma importante observação preliminar:
Os prazos são rigorosos. O preenchimento dos formulários deve ser feito com a máxima atenção. Não deixe de reconhecer firma, quando isso for exigido.

As datas de 10 de março e 10 de setembro são as datas máximas para a entrega das opções ao RH de sua unidade ou para o recebimento pela Itaú Soluções Previdenciárias ou pela São Bernardo, conforme indicado.

Qualquer irregularidade invalida o termo de opção e seu emitente permanecerá na situação vigente.

Participante Ativo:


Obtenha os formulários correspondentes às opções que deseja exercer solicitando-os ao RH de sua unidade, ou imprimindo a partir da página Formulários neste site.


Preencha, date, assine e entregue ao RH de sua unidade até o dia 10 de março ou até o dia 10 de setembro.

Participante Autopatrocinado(*) ou optante pelo Benefício Proporcional Diferido:


Obtenha o formulário para exercer a opção do Perfil de Investimento clicando aqui.


Preencha, date, assine, reconheça a firma, e faça chegar até o dia 10 de março ou até o dia 10 de setembro neste endereço:


São Bernardo Previdência Privada
Av. Santa Marina, 482, 2º Andar – Água Branca
São Paulo – SP
CEP: 05036-903


(*) Atenção! Se você é participante Autopatrocinado e trabalha em empresa do mesmo grupo econômico das Patrocinadoras do Plano São Bernardo, consulte o RH da última unidade da Patrocinadora onde trabalhou.

Assistido:


Obtenha os formulários correspondentes às opções que deseja exercer imprimindo a partir da página Formulários.


Preencha, date, assine os documentos, reconheça a firma, e faça chegar até o dia 10 de março ou até o dia 10 de setembro neste endereço:


São Bernardo Previdência Privada
Av. Santa Marina, 482, 2º Andar – Água Branca
São Paulo – SP
CEP: 05036-903


Reflita antes de escolher o perfil
Como é possível perceber, existe uma diferença essencial na aplicação de recursos nos segmentos de renda fixa e renda variável.

 

A renda fixa funciona como uma operação de empréstimo e o ganho com esta operação é de certa forma limitado e esperado. Já a renda variável significa a propriedade de um bem (ação) que pode se valorizar ou desvalorizar em função de diversos fatores de mercado, mas principalmente devido ao desempenho da empresa.

 

Por este motivo a aplicação em renda variável representa um risco maior para o investidor, mas também pode gerar ganhos superiores aos da renda fixa, já que não existe limite máximo de ganhos.

 

A longo prazo a rentabilidade da aplicação em títulos de renda variável tende a ser superior à da renda fixa, razão pela qual alguns investidores optam por assumir mais risco aplicando no segmento de renda variável. Porém, ninguém pode garantir esta melhor rentabilidade.


Investimento em ações pode ser recomendável para aqueles que estão em fase de acumulação de recursos e que não precisem deles no curto prazo, ou seja, que possam manter o investimento durante período de baixa de preços das ações, aguardando sua recuperação.

 

Porém, pelas mesmas razões pode não ser recomendável para aqueles que necessitarão dos recursos a curto prazo e que terão de se desfazer do investimento mesmo que os preços estejam em baixa.


Os investimentos em títulos de renda fixa têm uma previsibilidade muito maior em termos de rentabilidade, o que pode ser mais adequado para os participantes que entendam possuir um saldo suficiente a gerar uma renda mensal considerada adequada para seu caso.


Você, que está próximo ao período de aposentadoria, tem razões para analisar com mais cuidado a opção pelos perfis de investimentos que incluem renda variável. Isso por que em situações de oscilação muito forte do mercado, o patrimônio pode variar significativamente, influenciando direta e negativamente no valor da renda mensal esperada pelo Participante.


Como sabemos, as crises econômicas vêm e vão, mas a recuperação de algumas crises pode se estender além da data planejada para a sua aposentadoria. Isso significa que você poderá vir a se aposentar antes do período necessário para a recuperação das possíveis perdas decorrentes de uma crise econômica recente ou de um evento que prejudique o preço das ações.

 

Logicamente, nesse caso, seu saldo poderá ser menor do que a expectativa que você criou e, por via de consequência, também o seu benefício mensal de aposentadoria pode ser menor do que a sua expectativa.
 

Este tema merece atenção ainda mais especial por parte dos Assistidos, pois eles já estão em fase de resgates mensais, não havendo tempo para aguardar recuperação das ações.
 

É importante, também, que você tome decisão com base em suas expectativas, pois tomar uma decisão baseado no que um colega fez pode não ser a alternativa mais adequada. Cada um tem expectativas e condições financeiras diferenciadas. Uma alternativa viável para seu colega pode ser totalmente inadequada a você. Cada um tem um padrão de consumo e fontes de renda diferenciadas.


Veja o que a BM&FBovespa alerta em um trecho do folheto “Por que seus Sonhos Precisam de Ação”:


Ações como formação de patrimônio... Embora o folclore destaque sempre casos de investidores que tiveram grandes ganhos no curto prazo na bolsa, não deve ser esta a expectativa de quem decide investir em ações. É recomendável que o investidor diversifique seus investimentos entre várias opções de poupança – e dedique ao mercado de ações aquela parcela de recursos sobre a qual tenha uma perspectiva de retorno de médio a longo prazo.


Veja também um vídeo ilustrativo dos Perfis de Investimentos - clique aqui; e uma história em quadrinhos com mais explicações - clique aqui.


Conheça mais sobre o mercado de ações no site da BM&FBovespa clicando aqui.


Nesta página você tem apenas as principais informações. Para uma informação mais completa veja no Regulamento também itens 3.1 - 4.1 - 4.1.1 - 5.1 - 5.2

   
 
Inline HTML Video