A São Bernardo e você
São Bernardo Previdência Privada

 

| Benefícios | Aposentadoria | Resgate | Benefício Proporcional Diferido |

| Autopatrocínio | Portabilidade | Incapacidade | Desligamento | Morte |

Benefício Proporcional Diferido

Esta expressão técnica indica que, cessado o vínculo empregatício, o saldo continua na conta do Participante para ser usado mais adiante.

A concessão do Benefício Proporcional Diferido, também chamado de Vesting, pode ocorrer se, depois de completar três anos de contribuição para o Plano, o Participante deixar o emprego (por iniciativa da Patrocinadora ou pedindo demissão) e decidir se tornar um Participante Vinculado.

A partir do desligamento cessam as contribuições, tanto do Participante como da Patrocinadora, e a única obrigação do Participante Vinculado vai ser pagar mensalmente as despesas administrativas da sua manutenção no Plano. Contudo, essa cobrança está suspensa por decisão do Conselho Deliberativo.

O saldo da Conta Total do Participante continua investido e rendendo e, quando puder se aposentar, ele passa a receber normalmente o benefício nas condições que havia escolhido.

O fato de ele escolher se tornar um Participante Vinculado não lhe tira o direito de pedir Portabilidade ou Resgate (Mas, tanto num caso como no outro, o Participante vai ter direito a somente parte da Conta de Contribuição-Patrocinadora).

 

Nesta página você tem apenas as principais informações. Para uma informação mais completa veja no Regulamento também a seção 9.1.2.